A arte da conquista de si mesma

Share this:

Como você pode ser uma eterna namorada do maior amor da sua vida: VOCÊ!

Tem gente que é namoradeira. Não digo (apenas) daquelas pessoas que adoram estar um relacionamento romântico com alguém. Estou falando especialmente daquelas pessoas apaixonadas pela vida, que tem um talento nato para flertar com o mundo, que suspiram a cada interação com alguma pessoa ou com alguma experiência.

Eu conheço uma cliente assim. Que se encanta com as coisa mais simples da vida. Fala de comida como se estivesse falando de um amante. Seus olhos brilham quando diz que tomou banho de banheira. Mas que, por diversas circunstâncias da vida, tinha perdido essa paixão. Tudo parecia sem graça. Estava meio murxinha, desanimada, uma mistura de depressiva por não enxergar mais seu dia-a-dia com tantas cores, e ansiosa porque o que ela achava que o que traria essas cores de volta para sua vida não aconteciam nunca.

E aí, o que a gente faz para reavivar a chama da paixão pela vida nessa situação?

A gente começou a conversar sobre inverter essa ordem:

ao invés de esperar certas coisas acontecerem para então ser feliz, vamos escolher ser feliz para ajudar a fazer essas coisas acontecerem.

CupOfSelfLove

E um passinho de casa vez ela tem dado: fizemos uma lista de coisas simples que levantam seu astral. A primeira lista mal tinha três itens, de tão difícil que estava para ela se conectar com as coisas que lhe causam prazer. Conversamos sobre ela fazer algo que lhe traz um sorriso no rosto, ou calma para mente, ou paz de espírito. Ela começou então a caminhar na praia quase todo dia de noite e dar um mergulho no mar, sem pretensões, como um remédio prescrito mesmo.

E mesmo que o mar e seus passos na areia não levassem consigo os problemas d0 dia-a-dia, uma mágica começou a acontecer aos poucos: esse momento do dia começou a virar parte essencial de sua rotina, o brilho no olhar começou a voltar, esse momento consigo mesma começou a trazer novas perspectivas sobre si mesma e sobre as questões que enfrentava na vida, e um item na lista de prazeres na vida começou a se multiplicar para muitas outras formas de trazer mais leveza para cada dia.

Isso é namorar a vida. É nunca parar de flertar consigo mesma.

baby-kissing-on-mirror

De se presentear com agrados diários, de surpreender-se com pequenos momentos consigo mesma, de praticar a arte da conquista de si mesma. E isso não precisa acontecer com coisas mirabolantes ou grandes investimentos de tempo e dinheiro. Para isso, só é preciso descobrir aquela uma coisa que gostamos de fazer, que é simples de colocar em prática, e priorizar essa atividade como sua vida dependesse disso (e depende!). Você não escova os dentes todo dia, pelo menos uma vez por dia? Então você pode começar a fazer e praticar a sua lista de prazeres com algo que seja tão rápido quanto o ato de escovar os dentes, e que não exija muitos recursos e esforços, e investir cada vez mais nessa Dieta do Prazer.

Esse é um caminho certo para você se apaixonar por você mesma e ter uma relação cheia de paixão pela vida.

Agora é sua vez:

Reflexão da semana: Quais são os pequenos e grandes prazeres da vida que você se daria se você fosse alguém tentando te conquistar?

Ação da semana: Faça sua lista da Dieta do Prazer, com todas os itens da reflexão acima e leve com você para onde for (pode ser no seu smartphone!). Você pode separar os itens como entradas (coisas rápidas e simples de se fazer em qualquer lugar), prato principal (itens mais elaborados que causam muito prazer) e sobremesas (atividades que precisam de um investimento maior de tempo e dinheiro, que não conseguimos fazer com frequência, mas que com um pouco de planejamento, podemos nos deliciar sem culpa). Você pode começar a praticar todos os dias algum item, e também usar essa lista como uma forma de resgate nos momentos de maior estresse ou quando se sente desanimadinha.

Inspiração da semana: Um dos livros que mais me ensinaram sobre namorar a vida novamente foi Comer Rezar Amar. Como Elizabeth Gilbert, eu viajei para longe para reconquistar a mim mesma. Mas aprendi que posso também fazer isso todo dia no conforto do meu lar, quem sabe com um livro ou um filme inspirador.
“Se você esvaziar toda a sua mente, terá uma entrada. Sabe o que o Universo fará? Entrará. E tudo se resolverá.” ~ Richard, do Texas.

 Imagens: everydayfeminism/wxyandzee

Outro Post

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços