Continuando na fronteira vegetariana do México

Share this:

Logo depois de publicar a receita do Guacamole, me deu uma vontade louca de comer comida mexicana. Mas, ao mesmo tempo, queria algo quentinho e não estava afim de comer carne. Lembrei de que, uma vez, eu fiz uma versão vegetariana de Chili e ficou muito boa. Repeti a dose com muito gosto. Você pode usar a receita de tortilhas/nachos para acompanhar, mas um arroz ou polenta também cai muito bem.

Tempo de preparo: 20 minutos
2 porções

2 xícaras de feijão carioquinha ou pinto cozido (sem caldo)
1 abobrinha (retire o miolo com as semente e rale no ralo grosso)
1/2 xícara de semente de girassol moída (pulse no processador ou liquidificador para quebrar um pouco apenas)
1 colher de sopa cheia de extrato de tomate (ou 1/3 xícara de molho de tomate)
1 dente de alho grande picado
1 cebola bem pequena picada
Alguns ramos de coentro
1 folha de louro
1 colher de café de sementes de cominho (ou 1/4 de colher de sopa de cominho moído)
1 colher de chá bem cheia de orégano
1/2 pimenta dedo-de-moça picada ou algumas gotas de molho de pimenta vermelha
sal
óleo

Em uma panela funda, refogue em óleo em fogo médio o alho, a cebola, o cominho, e o louro. Quando começar a soltar o aroma, acrescente o feijão e a abobrinha, e refogue bem, juntando o sal, a pimenta e o orégano. Acrescente as sementes de girassol e mexa bem, juntando o extrato de tomate e um pouco de água para fazer um molho. Deixe ferver um pouco e desligue o fogo, acrescentando o coentro.

Outro Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços