De grão em grão, a gente enche o prato

Share this:

Eu sei, a gente tá acostumado a comer arroz todo santo dia, muitas vezes, no almoço e no jantar. Mas quanto mais a gente entra em contato com universo dos grãos integrais, mais a gente vai conhecendo quanta variedade desse alimento há no mundo.
O arroz mesmo, por exemplo, veio lá da Indo-China. O trigo, da Europa. Mais recentemente, diversos grãos dos Andes começam a ser ‘descobertos’ pelo resto do mundo, tanto por seu sabor e textura únicos, quanto por serem super-alimentos, por conterem todos os aminoácidos essenciais para o organismo humano e muitas vitaminas e minerais.
Um delas é a quinoa, que já está um pouco mais difundida no meio da alimentação saudável. Um outro que começa a ser difundido é o amaranto. e Segundo pesquisa realizada no ES, o amaranto ajuda no controle da saciedade da fome, no combate ao colesterol ruim e na diminuição da gordura corporal, entre outras propriedades.
Ele pode ser preparado parecido como estamos acostumados a fazer com o nosso arroz de todo dia, lavando bem (pode até deixar de molho de de um dia pro outro para retirar a pictina), escorrendo bem, refogando na panela seca, acrescentando um pouco de alho, sal e pimenta-do-reino, refogando mais um pouco (pode acrescentar um pouco de óleo) e colocando água fervente, cozinhando em foo médio de 12 a 15 minutos. Mas você também pode consumir como cereal no café-da-manhã apenas tostando ele em panela seca por alguns minutos, até que os grãos comecem a soltar o aroma. Acrescente na salada de frutas, ou iogurte, ou na receita do pão de grãos.
Conheça mais sobre esse cereal, lendo os artigos disponíveis: Amaranto e Amaranto 2.
Esse post contou com a contribuição do Marcos, meu tio e entusiasta qualidade de vida.

Outro Post

Aqui temos 0 comentários. Adicionar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços