Na fronteira com o México

Share this:

Essa receita vai em homenagem a minha mãe e ao Lucas, o filhinho de 5 anos na minha amiga Biu. Apesar de ele ser uma criança típica que adora comer lanchinhos nada saudáveis ao invés de comida de verdade, um de seus favoritos é o abacate. Quando mamãe esteve aqui em NYC e viu ele devorando o abacate com muito gosto, ela resolveu dar uma chance para essa fruta diferente, que os latinoamericanos comem como acompanhamento de comidas salgadas.
Uma preparação clássica da cozinha mexicana é o Guacamole, uma espécie de vinagrete com o abacate como ingrediente principal, que é muito saboroso e refrescante.

Tempo de preparo: 15 minutos
2 porções

1 abacate pequeno
1 tomate maduro (sem casca e sem sementes)
1 cebola bem pequena
alguns ramos de coentro
1 limão
1/2 pimenta dedo-de-moça vermelha (ou molho de pimenta vermelha)
sal e azeite a gosto

Pique o tomate, a cebola e o coentro bem pequenos. Corte o abacate ao meio, retirando a semente, e retire a polpa com uma colher pequena. Esprema o suco de limão, tempere com a pimenta, o sal e o azeite, e misture bem. Acrescente os demais ingredientes picados e incorpore, experimentando para verificar se é necessário ajustar algum tempero.
Sirva frio. Você pode acompanhar com os clássicos nachos de milho, ou mini-pães pitta integrais torrados.

  • Tortilha de Milho

Tempo de preparo: cerca de 1 hora
14 tortilhas

2 xícaras de chá de polenta (flocos de milho pré-cozidos)
1 1/4 xícara de chá de água morna

Coloque a polenta numa vasilha. Junte a água aos poucos, misturando bem. Amasse por uns 3 a 5 minutos. Deixe a massa embrulhada em plástico aderente ou papel impermeável enquanto prepara as tortilhas. Retire pedaços pequenos da massa e abra entre duas folhas de papel impermeável até obter um diâmetro de uns 15 cm. Frite dos dois lados em frigideira quente, sem untar, até que seque bem.
Para transformá-las em nachos crocantes para comer com o guacamole, corte os círculos de tortilhas em triângulos, coloque numa forma e asse em temperatura baixa até que os mesmos estejam com uma textura crocante sem ganhar cor.
Você pode congelar ambas as preparações, separando cada um com papel-filme para não grudar, e para ter sempre disponível.

Outro Post

Aqui temos 0 comentários. Adicionar.

  1. Sandra

    Costumava comer o abacate em forma de vitamina na casa da minha mãe quando eu era criança. Também já comi salgado – Guacamole feito pela Melissa. Agora como puro imitando o Lucas. Estou adorando essa nova versão – comer o abacate do jeito que como outras frutas. Eu jamais pensei nessa possibilidade, mas graças ao Lucas o abacate, de preferência orgânico, agora faz parte da minha cesta de frutas. Experimentem vocês vão adorar!

    Bj

    • Mãezinha, você tem alguma dica para dar pro pessoal de como escolher e saber quando ele está no ponto?

  2. Pingback: Abacate | Suco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços