Na mídia

Pare agora mesmo de pedir desculpas

Share this:

Porque essa prática inconsciente de pedir desculpas por tudo pode estar limitando a sua vida

Quero te convidar para fazer uma observação: quantas vezes por dia você usa a palavra “desculpas”? Posso te dizer que, em você sendo mulher, provavelmente muito mais vezes do que percebe, e principalmente, do que seria necessário.

Me peguei dia desses, jantando com uma amiga, expressando algumas questões e sentimentos que andava vivendo, e depois de uns bons 10 minutos falando direto, pedi desculpas porque achava que não estava fazendo sentido lógico o que eu estava expressando.

Quantas vezes minhas clientes e pessoas com quem interajo me pedem desculpas por chorarem na minha frente, por compartilharem suas histórias tristes ou indignadas, por “gastarem” meu tempo ouvindo-as, por não terem feito algo “de acordo com as expectativas” ou alcançado determinada meta que a gente mesma inventou.

Os outros esbarram na gente, e nós quem pedimos desculpas. Colocamos nossa opinião em uma reunião e depois pedimos desculpas. Reagimos a uma circunstância que nos despertam um sentimento forte e pedimos desculpas. Fazemos pedidos de coisas que precisamos ou queremos para depois pedir desculpas.

Percebe o padrão aí? Estamos constantemente pedindo desculpas por existir e por ser mulher, e por ser humana! É claro que existem situações em que realmente pisamos na bola e usar a palavra “desculpa” com a intenção de redimir nosso comportamento inadequado.

Porém, esse pedir desculpas quase onipresente nos diz de algo muito mais profundo. Um sentimento de inadequação que nos persegue, muitas vezes desde muito pequenas.

Leia aqui sobre como quebrar esse padrão de comportamento sabotador na continuação do texto no portal Superela. Publicado também no Catraca Livre.

Outro Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços