Uma nova opção no café-da-manhã

Share this:

Volta e meia eu me deparo com o desafio de criar algo para o café-da-manhã.
Normalmente temos certas regras do que é comida aceitável logo de manhã cedo, não é mesmo?
Eu, pelo menos, há pouco tempo atrás, achava que café-da-manhã só podia ter pão, queijo (no máximo um presunto ou algo do tipo), um copo de suco ou de café preto. No máximo, mais uma fruta.
Quando eu era criança, todo dia era um copão de leite com Nescau. Nos finais de semana, misto quente!
Então fui morar no EUA, e lá eles são loucos por ovos logo pela manhã, coisa que eu também sempre gostei, mas não fazia rotineiramente.
Ultimamente, eu vario entre ovos, um mingau de aveia grossa com frutas e nozes, uma vitamina (com leite alternativo), salada de frutas com sementes, ou um suco verde.
Só que volta e meia eu me deparava com o desejo de comer ovos todos os dias. Fiquei pensando o que estava por trás disso, e me dei conta que a sensação de saciedade dessa proteína era o que me atraía toda vez para essa alternativa.
Até que um dia, fuçando em websites de receitas vegetarianas/veganas me deparei com uma receita que parece com ovos mexidos, mas não leva ovo nenhum, feita com TOFU! Ao ouvir este nome, normalmente eu torço o nariz, pois tofu mais me parece um pedaço de isopor molengo e sem gosto.
Mas aí está a magia desse alimento de soja: por não ter sabor forte e ser esponjoso, ele absorve qualquer tempero que você colocar. Sua textura macia fica parecida com clara de ovo cozida, quando picadinho. E depois de comer, me senti supersatisfeita!

Eis a receita, para uma pessoa:

1/3 de bloco de tofu
1 colher de sopa rasa de alho, cebola e salsa desidratados (pode ser fresco também)
1 pitada de pimenta calabresa
1/2 colher de chá de cúrcuma
azeite de oliva para cozinhar
shoyu a gosto
cebolinha picada

Escorra a água do tofu, e deixe prensado por uns 15 a 30 minutos para retirar excesso de água. Pique ou esfarele até ter a textura desejada de “ovo mexido”.
Em uma frigideira, coloque um pouco de azeite, o tempero desidratado e a pimenta. Aqueça levemente e acrescente o tofu, mexendo bem para os temperos aderirem. Pare de mexer e deixe o tofu dourar por uns 2 minutos em foto médio. Acrescente a cúrcuma e mexa bem para “colorir” todo o tofu. Deixe dourando por mais um minuto e apague o fogo.
Tempere com o shoyu e as cebolinhas (use principalmente a parte do bulbo branquinha) e sirva quente.

Eu normalmente como acompanhado de uma salada de cenoura crua e salsinha. Outra opção, é enrolar com arroz no nori (alga) para fazer sushi. Ou sirva em cima de torradas integrais como se fossem ovos mexidos.

É importante lembrar de comprar um tofu de soja não-transgênica (ou até orgânica), e um shoyu sem aditivos como glutamato monossódico ou corantes.
A soja é uma alimento bem rico em proteínas e outros nutrientes, porém devemos ter alguns cuidados no seu consumo, pois ela não é de fácil digestão e intolerâncias são mais comuns do que imaginamos (cerca de 80% das pessoas tem em algum grau).
Por isso, recomendo que se utilize produtos na quais a soja passe por um processamento que ajude a ser mais tolerada pelo organismo, como o tofu, o miso (pasta), o shoyu (molho), ou o tempeh (prensado feito de grãos de soja). Veja mais informações aqui.
Outra preocupação em seu consumo excessivo é por seu possível impacto no funcionamento da tiróide. Para previnir isso, quando for usar algum produto feito de soja, consuma junto um pouco de algas, pois elas são ricas em iodo, mineral importante para o bom funcionamento dessa glândulas.
Na dúvida, preste atenção como os tradicionais japoneses se fazem valer desse alimento: pouca quantidade, sempre junto com algas, sem aditivos artificiais, ou querendo se disfarçar de leite ou carne ou numa guloseima cheia de açúcar.

Outro Post

Aqui temos 7 comentários. Adicionar.

  1. Hummmm…Adorei!!!

  2. teresa

    oi tudo bem?
    Não sou fã do tal do tofu,mas me animei em experimentar deste jeito.
    Um beijinho pra vc…
    Bom fim de semana

    • Teresa! Que bom vê-la por aqui! Depois nos conte aqui como foi essa nova tentativa com o tofu, ok?
      Abraço carinhoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços