Na mídia

Usando a alimentação para ter disposição para a atividade física

Share this:

Comer bem é movimentar-se mais!

O Sesc me entrevistou sobre como alimentação e atividade física caminham juntos na busca de mais saúde. Mas vocês que já me conhecem sabem que eu não iria falar aquela fórmula desgastada de “caloria que entra caloria que sai”, que todo mundo já saber que não funciona, né? Veja aqui as minhas dicas.

“Praticar atividade física todos os dias tem a ver com diversos fatores como tempo livre, acesso a equipamentos gratuitos de lazer e esporte entre outras variáveis. Mas, mesmo com tudo isso a nosso favor, sem a saúde em dia não é possível sair do lugar – literalmente. Por isso é que uma alimentação saudável e balanceada é tão importante para quem quer colocar movimento em sua rotina. Poucos ajustes na dieta diária já fazem com que o corpo tenha mais energia para se exercitar com prazer e leveza.

Pensando nisso, o Dia do Desafio bateu um papo com a especialista em saúde Melissa Setubal sobre a relação entre a saúde dos alimentos que consumimos com a adoção de um cotidiano fisicamente ativo.

Alimentação saudável e disposição física estão relacionadas? De que forma a alimentação interfere na prática de esporte ou exercícios?

Totalmente. Não apenas pelo fato de que são os alimentos que fornecem a matéria-prima para compor e dar energia a células, músculos e ossos, como também em uma maior ou menor disposição para a atividade em si, ganho maior ou menor de tônus muscular, perda ou não de peso, e por aí vai. É fundamental que a pessoa tenha uma alimentação adequada para o nível de atividade física que faz no dia a dia, bem como ajuste as combinações nutricionais que suportem essa atividade e seus objetivos se observando e com a ajuda de especialistas.

O seu projeto Dieta do Coma Mais é muito interessante. Comer de uma forma mais saudável estimula o corpo a querer se movimentar mais?

Com certeza. Uma das maiores reclamações que as clientes chegam até mim é que não conseguem fazer atividade física porque estão sempre cansadas e sem disposição, tanto para acordar mais cedo para se exercitar quanto para fazer depois do dia de trabalho. Com poucos ajustes na alimentação, elas começam a reencontrar essa energia e começam a usá-la para investir em uma atividade física, que acaba por deixá-las com ainda mais energia. Não adianta contar com a força de vontade nesse sentido. Ela pode fazer você começar a atividade física, mas logo alguma circunstância fica no meio do caminho e o exercício físico é o primeiro a ser largado de lado. Entender as causas-base dessa falta de energia, do excesso de peso, da falta de vontade de cuidar de si mesma é fundamental para encontrar a motivação interna para manter uma rotina de movimentação do corpo. Por isso que chamo meu programa de Dieta do Coma Mais. É investir em acrescentar mais dos alimentos que vão incentivar nosso organismo a ter mais disposição e a funcionar melhor.

Quais são os alimentos ideais para consumir antes de uma atividade física?”

Confira o restante da entrevista no site do Sesc.

imagem: hngn.com

Outro Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços