Vaidade natural: conheça os cosméticos verdes

Share this:

Blush, Pó, base facial, protetor diário, rímel e tintura para cabelo  são produtos dos quais muitas mulheres não abrem mão, tanto em ocasiões especiais como no dia a dia. O que muitas pessoas não se atentam para o fato desta maquiagem, usada todos os dias, carrega consigo produtos químicos pesados, conservantes artificiais e até corantes naturais feitos de insetos moídos – que podem trazer problemas. “Os conservantes mais comuns e mais perigosos presentes nas maquiagens são substâncias como parabenos, ftalatos, formaldeídos e chumbo. Eles podem causar desde problemas de pele, como irritações e alergias, até problemas hormonais, de tiróide, de fertilidade e diabetes, passando até por câncer mamário e outros tipos de câncer, como também problemas de desenvolvimento dos fetos e abortos”, explica Melissa Setubal, coach de saúde integrativa e especialista Personare.

vaidade naturalO mercado começa a apresentar linhas que dispensam estes ingredientes, tornando-se uma alternativa. Hoje é possível encontrar produtos com certificação de linhas orgânicas, minerais, veganas e naturais. Já há produtores que começam a se preocupar com este impacto e desenvolvem produtos que sejam mais saudáveis para os consumidores, assim como para o ecossistema. A linha de maquiagens da Alva, empresa alemã, por exemplo, tem todos os certificados acima e já são encontrados no shopping virtual Holis, o primeiro voltado para o bem viver e vida sustentável.

Produtos como esse estão livres de insumos como o corante vermelho carmim, que é produzido a partir da compressão das fêmeas do inseto cochonilha (uma espécie de besouro). Esse corante é largamente usado tanto na indústria da beleza como na têxtil e até na alimentícia. De acordo com o reportado, 70.000 insetos precisam ser mortos para produzir cerca de 450 gramas deste corante vermelho. Usado em cosméticos, pós, ruges, xampus. Pode causar reação alérgica. Para as veganas produtos com esse corante são vedados por serem de origem animal.

A vantagem dessas “maquiagens verdes” vai além do politicamente correto. Esses produtos têm baixo risco alergênico (pela diminuição da quantidade de aditivos químicos, dificilmente causam alergias), além de não ressecarem a pele e não abrirem os poros, o que diminui a incidência da acne (veja aqui mais sobre isso). “As vantagens de se usar um cosmético que privilegie o uso de substâncias naturais, como óleos e essências de plantas, é eliminar os riscos das substâncias químicas nocivas, além de eles incentivarem o organismo no seu processo de recuperação e cura naturais, ao contrário do que ocorre com os cosméticos que usam substâncias artificiais, que o organismo não consegue reconhecer e processar, e, portanto, intoxicam o corpo”, ressalta Melissa.

Vantagens dos “cosméticos verdes”:

– Ecologicamente corretos

– Hipoalergênicos

– Não abrem os poros, diminuindo as chances de acne

– Não ressecam a pele

Artigo escrito por Nathália Tourais, via cristinaarcangeli.com.br /Portal R7

Outro Post

Receba novidades sobre meus conteúdos, cursos e serviços